China: Bolsonaro nunca irá saber o que é ser amado pelo povo

Cantor e compositor China escreveu nesta sexta-feira (8) sobre a recepção calorosa recebida pelo ex-presidente Lula, ao deixar a prisão em Curitiba: "Bolsonaro nunca irá saber o que é ser amado pelo povo. Ele só alimenta ódio"

China e Lula
China e Lula (Foto: Reprodução)

247 - A festa popular pela liberdade do ex-presidente Lula, ocorrida nesta sexta-feira (8), em Curitiba, está apenas começando. Hoje, o petista saiu pela porta da frente da Superintendência da Polícia Federal e foi recebido nos braços do povo. Amanhã, em São Bernardo do Campo (SP), a expectativa é de que a concentração seja imensa. No Twitter, o cantor e compositor pernambucano China foi direto ao ponto: "Bolsonaro nunca irá saber o que é ser amado pelo povo. Ele só alimenta ódio. Do outro lado é puro amor", escreveu.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247