Conti: povo reagirá contra Temer

“Para impor o plano de austeridade que lhe foi ditado pelos grandes proprietários, Temer terá de restringir direitos que os pés rapados obtiveram nos últimos anos. Uma parte do povo reagirá. Nalgum grau, haverá violência”, diz o jornalista Mario Sergio Conti; ‘Temer está em vias de ocupar o Executivo. O Estado inteiro estará com a direita. E foi de dentro do Estado que partiram as violências maiores: divulgar um telefonema da presidente; destituí-la’ 

“Para impor o plano de austeridade que lhe foi ditado pelos grandes proprietários, Temer terá de restringir direitos que os pés rapados obtiveram nos últimos anos. Uma parte do povo reagirá. Nalgum grau, haverá violência”, diz o jornalista Mario Sergio Conti; ‘Temer está em vias de ocupar o Executivo. O Estado inteiro estará com a direita. E foi de dentro do Estado que partiram as violências maiores: divulgar um telefonema da presidente; destituí-la’ 
“Para impor o plano de austeridade que lhe foi ditado pelos grandes proprietários, Temer terá de restringir direitos que os pés rapados obtiveram nos últimos anos. Uma parte do povo reagirá. Nalgum grau, haverá violência”, diz o jornalista Mario Sergio Conti; ‘Temer está em vias de ocupar o Executivo. O Estado inteiro estará com a direita. E foi de dentro do Estado que partiram as violências maiores: divulgar um telefonema da presidente; destituí-la’  (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O jornalista Mario Sergio Conti prevê reação do povo contra Michel Temer, que pode assumir a presidência em caso de impeachment de Dilma Rousseff.

“Para impor o plano de austeridade que lhe foi ditado pelos grandes proprietários, Temer terá de restringir direitos que os pés rapados obtiveram nos últimos anos. Uma parte do povo reagirá. Nalgum grau, haverá violência”, diz.

‘Temer está em vias de ocupar o Executivo. O Estado inteiro estará com a direita. E foi de dentro do Estado que partiram as violências maiores: divulgar um telefonema da presidente; destituí-la’ (leia aqui).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247