Cynara ironiza Noblat e diz que jornalistas foram assessores de imprensa da Lava Jato

Jornalista repercutiu a autocrítica de Noblat sobre o achincalhamento contra Lula e considera que os profissionais da mídia comercial responsáveis pela cobertura da Lava Jato atuaram com o objetivo de “agradar os patrões". Assista à sua participação na TV 247

Cynara Menezes, Lula e Noblat
Cynara Menezes, Lula e Noblat (Foto: Brasil 247 | Ricardo Stuckert | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A jornalista Cynara Menezes criticou, em participação no programa Bom Dia 247 desta quarta-feira (15), a autocrítica de Ricardo Noblat em relação ao achincalhamento contra o ex-presidente Lula, baseado na farsa processual da operação Lava Jato. Segundo ela, há "um cinismo" presente na fala do jornalista. 

Ela considera que os profissionais da mídia comercial que cobriram a Lava Jato atuaram como “meros assessores de imprensa” da força-tarefa. 

“Por que os jornalistas acreditaram tão facilmente nas informações da Lava Jato? Para eles, era uma garantia de ascensão profissional, pois concordavam com as teses do patrão”, avaliou. 

PUBLICIDADE

De acordo com Cynara, “é uma mentira que aquilo [cobertura da Lava Jato] tenha sido jornalismo investigativo”. “Jornalistas recebiam de mão beijada vazamentos e publicavam nos jornais sem checagem alguma. Publicavam todos os tipos de baixaria,  sem o menor critério”, completou. 

A jornalista ainda ressaltou que o grande objetivo dos jornalistas que acompanham a força-tarefa “era agradar os patrões e promover o linchamento de Lula e do PT, por puro ódio”. 

PUBLICIDADE

Saiba mais

O jornalista Ricardo Noblat, que atua há décadas na mídia corporativa, abriu um movimento de autocrítica da mídia brasileira em relação ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, depois da revelação de que o delator Léo Pinheiro, da OAS, escreveu uma carta de próprio punho para voltar atrás em sua delação – provando que antes ele vinha sendo pressionado a delatar para que o verdadeiro objetivo da Lava Jato, a troca de um governo democrático e popular por um governo golpista e entreguista, fosse alcançado.

“Por que nós, jornalistas, acreditamos facilmente nas informações da Lava Jato? E agora, só com muita dificuldade, que ela também errou feio?”, escreveu Noblat.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247 e confira fala de Cynara:


O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email