DCM: dados oficiais mostram que Temer e Globo mentiram sobre “caos” no Carnaval

"Para justificar a presepada da intervenção no Rio de Janeiro, Michel Temer declarou que 'as cenas do Carnaval revelaram uma agressividade muito grande e uma desorganização social e até moral muito acentuada. As pessoas lá não têm mais limites'", escreve o jornalista Kiko Nogueira, no Diario do Centro do Mundo; "É mentira. Manipulação grosseira", diz; blogueiro aponta, com base em dados oficiais, 9062 ocorrências de 13 a 18 de fevereiro de 2015 contra 5865 de 9 a 14 de fevereiro deste ano

"Para justificar a presepada da intervenção no Rio de Janeiro, Michel Temer declarou que 'as cenas do Carnaval revelaram uma agressividade muito grande e uma desorganização social e até moral muito acentuada. As pessoas lá não têm mais limites'", escreve o jornalista Kiko Nogueira, no Diario do Centro do Mundo; "É mentira. Manipulação grosseira", diz; blogueiro aponta, com base em dados oficiais, 9062 ocorrências de 13 a 18 de fevereiro de 2015 contra 5865 de 9 a 14 de fevereiro deste ano
"Para justificar a presepada da intervenção no Rio de Janeiro, Michel Temer declarou que 'as cenas do Carnaval revelaram uma agressividade muito grande e uma desorganização social e até moral muito acentuada. As pessoas lá não têm mais limites'", escreve o jornalista Kiko Nogueira, no Diario do Centro do Mundo; "É mentira. Manipulação grosseira", diz; blogueiro aponta, com base em dados oficiais, 9062 ocorrências de 13 a 18 de fevereiro de 2015 contra 5865 de 9 a 14 de fevereiro deste ano (Foto: Leonardo Lucena)

247 - "Para justificar a presepada da intervenção no Rio de Janeiro, Michel Temer declarou que 'as cenas do Carnaval revelaram uma agressividade muito grande e uma desorganização social e até moral muito acentuada. As pessoas lá não têm mais limites'", escreve o jornalista Kiko Nogueira, no Diario do Centro do Mundo.

"De acordo com o Jornal Nacional, as imagens (do próprio JN, acrescente-se) de'arrastões e saques, a ausência do prefeito Marcelo Crivella nesse período e a declaração do governador de que havia perdido o controle da situação foram determinantes para o Palácio do Planalto concluir que era preciso intervir'", lembra o blogueiro. "É mentira. Manipulação grosseira".

"No total de ocorrências: 9062 contra 5865. Em dezembro de 2017 foram registradas 66 vítimas a menos de letalidade violenta (soma de homicídio doloso, homicídio decorrente de oposição à intervenção policial, latrocínio e lesão corporal seguida de morte), uma queda de 10,9% em relação ao mesmo mês de 2016", continua.

Segundo Nogueira, "o Rio de Janeiro foi humilhado". "Exército sairá desmoralizado da aventura", acrescenta.

Leia a íntegra no DCM, inclusive o documento

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247