DCM: operação em Furnas joga luz sobre esquema de Aécio no setor elétrico

Jornalista Joaquim Carvalho, do Diário do Centro do Mundo, afirmou que a operação Barão Gatuno, sobre a corrupção em Furnas não chegou ainda em Minas, onde está em "plena atividade um dos tentáculos desse esquema"; "Seja com contratos em Furnas, Eletrobras ou na Cemig, o elo político da Tabocas é Aécio Neves", diz Carvalho sobre a empresa quem Dimas Toledo como sócio

Jornalista Joaquim Carvalho, do Diário do Centro do Mundo, afirmou que a operação Barão Gatuno, sobre a corrupção em Furnas não chegou ainda em Minas, onde está em "plena atividade um dos tentáculos desse esquema"; "Seja com contratos em Furnas, Eletrobras ou na Cemig, o elo político da Tabocas é Aécio Neves", diz Carvalho sobre a empresa quem Dimas Toledo como sócio
Jornalista Joaquim Carvalho, do Diário do Centro do Mundo, afirmou que a operação Barão Gatuno, sobre a corrupção em Furnas não chegou ainda em Minas, onde está em "plena atividade um dos tentáculos desse esquema"; "Seja com contratos em Furnas, Eletrobras ou na Cemig, o elo político da Tabocas é Aécio Neves", diz Carvalho sobre a empresa quem Dimas Toledo como sócio (Foto: Aquiles Lins)

247 - O jornalista Joaquim Carvalho, do Diário do Centro do Mundo, afirmou que a operação Barão Gatuno, deflagrada nessa quinta-feira, 8, no Rio de Janeiro e em São Paulo sobre a corrupção em Furnas. Carvalho diz que é em Minas onde está em "plena atividade um dos tentáculos desse esquema".

Leia um trecho:

"Dimas Toledo, que fez fortuna dirigindo a estatal, é sócio da Tabocas Participações e Empreendimentos S.A., conforme se pode verificar no site da Receita Federal.

A Tabocas foi criada em 1999, no mesmo ano em que Djalma de Morais assumiu a presidência da Cemig, cargo que manteve durante todo o governo de Aécio Neves e de Antônio Anastasia.

Quando saiu da Cemig, Djalma de Morais assumiu da Tabocas, uma das empresas contratadas pela própria Cemig para obras de infraestrutura no setor elétrico do Estado.

(...)

Djalma de Morais era ligado a Itamar Franco. Tanto que foi seu ministro das Comunicações e chegou à Cemig no governo de Itamar. Mas se tornou homem de confiança de Aécio Neves.

A Tabocas tem hoje contratos em todo o Brasil e um de seus principais clientes é o governo federal, para quem faz obras gigantescas, como a Usina Belo Monte.

Seja com contratos em Furnas, Eletrobras ou na Cemig, o elo político da Tabocas é Aécio Neves". 

Leia a reportagem na íntegra

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247