Doria é só elogios a Eike Batista em entrevista de 2011

Prefeito de São Paulo, João Doria Jr (PSDB), não poupou elogios ao então empresário de sucesso Eike Batista, em entrevista que fez com Eike para seu programa Show Business, da Band, em 2011; na primeira parte da conversa, Doria se desmancha em elogios para Eike, e para o então governador do Rio Sérgio Cabral, que, segundo o prefeito, seria seu "amigo desde de menino"; Doria diz também que "O Rio é do Brasil e o Eike também é do Brasil!", e concorda com Eike que "cinco anos foram o suficiente para mudar sua opinião sobre o ex-presidente Lula"

Prefeito de São Paulo, João Doria Jr (PSDB), não poupou elogios ao então empresário de sucesso Eike Batista, em entrevista que fez com Eike para seu programa Show Business, da Band, em 2011; na primeira parte da conversa, Doria se desmancha em elogios para Eike, e para o então governador do Rio Sérgio Cabral, que, segundo o prefeito, seria seu "amigo desde de menino"; Doria diz também que "O Rio é do Brasil e o Eike também é do Brasil!", e concorda com Eike que "cinco anos foram o suficiente para mudar sua opinião sobre o ex-presidente Lula"
Prefeito de São Paulo, João Doria Jr (PSDB), não poupou elogios ao então empresário de sucesso Eike Batista, em entrevista que fez com Eike para seu programa Show Business, da Band, em 2011; na primeira parte da conversa, Doria se desmancha em elogios para Eike, e para o então governador do Rio Sérgio Cabral, que, segundo o prefeito, seria seu "amigo desde de menino"; Doria diz também que "O Rio é do Brasil e o Eike também é do Brasil!", e concorda com Eike que "cinco anos foram o suficiente para mudar sua opinião sobre o ex-presidente Lula" (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O prefeito de São Paulo, João Doria Jr (PSDB), não poupou elogios ao então empresário de sucesso Eike Batista, em entrevista que fez com Eike para seu programa Show Business, da Band, em 2011. 

Na primeira parte da conversa, Doria se desmancha em elogios para Eike, e para o então governador do Rio Sérgio Cabral, que, segundo o prefeito, seria seu "amigo desde de menino".

Num momento de entusiamo da entrevista, Doria diz: "O Rio é do Brasil e o Eike também é do Brasil!", e concorda com Eike que "cinco anos foram o suficiente para mudar sua opinião sobre o ex-presidente Lula". 

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247