Em novo vídeo, foragido do atentado ao Porta dos Fundos ataca Lula e Boulos

Em novo vídeo que começou a circular nas redes sociais nesta sexta-feira (3), Eduardo Fauzi, identificado pela polícia como um dos suspeitos de promover o atentado contra o Porta dos Fundos - e que estaria foragido na Rússia -, atacou Lula e Boulos, além de Fábio Porchat

Eduardo Fauzi
Eduardo Fauzi (Foto: Reprodução Revista Fórum)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - O vídeo foi gravado no mesmo quarto do último vídeo que veio à tona, em que desafia a polícia e chama os integrantes do Porta dos Fundos de "criminosos, marginais, são bandidos". Na nova mensagem, o suspeito indica que ela foi gravada nos últimos dias, já que cita que "nessa semana" foi encontrado em sua casa no Rio de Janeiro o livro "O imbecil coletivo", de Olavo de Carvalho.

No início do novo vídeo, Fauzi afirma que Fábio Porchat é hipócrita ao dizer que as reações negativas ao Especial de Natal do grupo humorístico são homofobia e que o ator não estaria em seu "lugar de fala". Sobre Lula, o integralista diz: "Quando Lula diz que um menor não pode ser violentado pela polícia por roubar um celular, isso é um absurdo!". Quanto a Guilherme Boulos, Fauzi afirma que o líder sem-teto "vive de invadir propriedade particular, extorquir pessoas, e ninguém fala nada".

Leia na íntegra na Revista Fórum

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247