Folha diz que Bolsonaro alimenta desinformação sobre Amazônia

Em editorial publicado nesta quarta-feira (28), a Folha de S.Paulo critica as opiniões e o comportamento de Jair Bolsonaro sobre a Amazônia. O jornal afirma que falta bom senso ao ocupante do Palácio do Planalto

(Foto: Divulgação-PR)

247 - Em editorial publicado nesta quarta-feira (28), a Folha de S.Paulo critica as opiniões e o comportamento de Jair Bolsonaro sobre a Amazônia.  

O jornal afirma que Bolsonaro e outras autoridades brasileiras são campeões do engodo quando tratam do tema. "Os campeões do engodo, das ideias fora de lugar, das grosserias e das provocações baratas nesse episódio são, sem dúvida, autoridades brasileiras, a começar do presidente Jair Bolsonaro (PSL)", afirma o editorial.  

"Vá lá que cidadãos, celebridades e políticos locais e estrangeiros demonstrem ignorância ou difundam falsidades acerca do que lhes é distante ou sobre o que não têm responsabilidade. Não é aceitável a governantes do Brasil —obrigados a bem informar e a agir conforme a melhor ciência disponível— tomar parte desse picadeiro".  

"Como o espetáculo não pode parar, ele prosseguiu nesta terça (27), na reunião de Bolsonaro com governadores da região amazônica. Em vez de enfocar as medidas para combater o desflorestamento e os incêndios, o presidente preferiu ocupar os ouvidos dos chefes estaduais com mais uma teoria conspiratória sem alicerce nos fatos".  

A Folha critica também a decisão de Bolsonaro de não mais demarcar terras indígenas.   O texto conclui afirmando que a cabeça de Bolsonaro "gira em falso nos preconceitos de sempre".

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247