Folha: proposta para sistema parlamentarista é pouco realista

Em editorial, jornal dirigido por Otávio Frias diz que "há muito considera o parlamentarismo mais moderno e funcional que o presidencialismo", mas afirma não ver sinais de que "uma proposta tão complexa como a adoção do parlamentarismo possa amadurecer em pouco tempo"

Em editorial, jornal dirigido por Otávio Frias diz que "há muito considera o parlamentarismo mais moderno e funcional que o presidencialismo", mas afirma não ver sinais de que "uma proposta tão complexa como a adoção do parlamentarismo possa amadurecer em pouco tempo"
Em editorial, jornal dirigido por Otávio Frias diz que "há muito considera o parlamentarismo mais moderno e funcional que o presidencialismo", mas afirma não ver sinais de que "uma proposta tão complexa como a adoção do parlamentarismo possa amadurecer em pouco tempo" (Foto: Gisele Federicce)

247 – Em editorial publicado neste sábado 22, a Folha de S.Paulo defende o sistema parlamentarista como "mais moderno e funcional que o presidencialismo", mas observa que "uma proposta tão complexa" como essa não possa "amadurecer em pouco tempo".

O texto diz que esta é "uma solução sempre lembrada em momentos de fragilidade do presidente" e defende que "convém discernir o que o debate tem de meritório e de casuístico — além de pouco realista".

"Na atual conjuntura política, em que o prestígio dos parlamentares é mínimo, parece mais recomendável o foco em aperfeiçoamentos mais pontuais —seriam grandes avanços, nesse sentido, o voto distrital misto e uma cláusula de desempenho capaz de reduzir a proliferação de partidos", aponta a Folha.

"A lealdade democrática exigiria que uma nova investida no tema se desse também por meio de plebiscito, a fim de que não pareça mero conchavo parlamentar", defende ainda o texto, após lembrar que a população já rejeitou a proposta de mudança de sistema por duas vezes em consultas populares – 1963 e 1993.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247