Fox demite Sarah Palin. A onda chega ao Brasil?

Canal de Rupert Murdoch, que foi definido por Barack Obama como um partido político e inspirou a criação do termo "Partido da Imprensa Golpista", demite Sarah Palin, representante do neoconservadorismo americano e do chamado Tea Party; fontes próximas a Fox apontaram um gelo nas relações explícitas entre Murdoch e os republicanos; será que o corte pode inspirar movimentos semelhantes em relação a jornalistas engajados como Reinaldo Azevedo, Merval Pereira e Augusto Nunes?

Fox demite Sarah Palin. A onda chega ao Brasil?
Fox demite Sarah Palin. A onda chega ao Brasil?
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A partidarização da imprensa americana sofreu um duro revés nesta sexta-feira. O canal Fox News, que foi classificado por Barack Obama como um partido político e inspirou, no Brasil, a criação da expressão "Partido da Imprensa Golpista", abreviada como PIG, acaba de demitir a comentarista Sarah Palin. Ex-governadora republicana do Alaska, Palin era representante máxima do movimento neoconservador nos Estados Unidos e do chamado Tea Party, que prega rígidos valores morais – ainda que, na prática, eles não sejam seguidos com rigidez pela família Palin.

Fontes próximas à Fox enxergaram no movimento de Rupert Murdoch, dono da News Corporation, uma tentativa de aproximação com Obama, que acaba de tomar posse no seu segundo mandato. Murdoch estaria cansado de dar murro em ponta de faca.

No Brasil, os grandes jornais também vivem um momento inédito de partidarismo explícito, tendo como representantes máximos desse movimento jornalistas como Augusto Nunes e Reinaldo Azevedo, na Abril, e Merval Pereira, no Globo – entre muitos outros. Miriam Leitão, por exemplo, nesta sexta aponta paralelos entre a presidente Dilma e o general Garrastazu Médici – por mais esdrúxula que pareça a comparação.

Nos Estados Unidos, o principal magnata da mídia começa a constatar que, na era da internet e da informação livre, o poder de manipulação da opinião já não é o mesmo do passado. E o ódio acaba de perder uma tribuna na Fox News. A piada da hora é que Sarah Palin poderá, agora, se candidatar ao "Obamacare", como é apelidado o seguro-desemprego nos Estados Unidos.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247