George Marques: separar chapa Dilma-Temer é pedalada do Judiciário

"O ministro do STF Luiz Fux aparentemente foi capturado pela tese absurda que antes só era defendida por Gilmar Mendes: a de separação de responsabilidades de uma chapa vencedora", diz o jornalista George Marques; "O que o TSE/STF pretendem fazer é simples: condenar Dilma e absolver Temer, mesmo que isso vá na direção contrária às dezenas de outras decisões da Justiça Eleitoral"

George Marques: separar chapa Dilma-Temer é pedalada do Judiciário
George Marques: separar chapa Dilma-Temer é pedalada do Judiciário (Foto: BETO BARATA)

Por George Marques, em seu Facebook

Pedalada regimental: o ministro do STF Luiz Fux aparentemente foi capturado pela tese absurda que antes só era defendida por Gilmar Mendes: a de separação de responsabilidades de uma chapa vencedora.

A jurisprudência no TSE é, ou era, pacífica: não cabe separar as responsabilidades da chapa Dilma-Temer em eventuais irregularidades nas contas de campanha. Ponto.

O que o TSE/STF pretendem fazer é simples: condenar Dilma e absolver Temer, mesmo que isso vá na direção contrária às dezenas de outras decisões da Justiça Eleitoral, que em casos de irregularidades nas contas de campanha cassava a chapa toda. Tempos estranhos vive o judiciário brasileiro.

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247