Governo perde conta @planalto, que associa Temer ao satanismo, antes de ser suspensa pelo Twitter

O Palácio do Planalto perdeu o domínio de sua conta oficial no Twitter (@Planalto), durante uma troca de nome, e passou a ser alvo de piadas na rede social; o usuário que passou a utilizar a conta aconselhou Michel Temer a "exonerar a pessoa que se esqueceu de registrar o perfil antigo" e a associar o peemedebista com o satanismo

O Palácio do Planalto perdeu o domínio de sua conta oficial no Twitter (@Planalto), durante uma troca de nome, e passou a ser alvo de piadas na rede social; o usuário que passou a utilizar a conta aconselhou Michel Temer a "exonerar a pessoa que se esqueceu de registrar o perfil antigo" e a associar o peemedebista com o satanismo
O Palácio do Planalto perdeu o domínio de sua conta oficial no Twitter (@Planalto), durante uma troca de nome, e passou a ser alvo de piadas na rede social; o usuário que passou a utilizar a conta aconselhou Michel Temer a "exonerar a pessoa que se esqueceu de registrar o perfil antigo" e a associar o peemedebista com o satanismo (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - No dia em que completa um ano, o governo Michel Temer tentou trocar o nome de seu perfil no Twitter e perdeu a conta @Planalto, que passou a ser usada com piadas e associação de Temer ao satanismo antes de ser suspensa pela rede social.

A empresa responsável pelas redes sociais admitiu que houve um erro "grotesco" na troca de nome, segundo a Coluna do Estadão. "Quem fez a troca se esqueceu de registrar o outro nome", disse uma fonte, de acordo com a coluna.

O usuário que passou a utilizar a conta @Planalto aconselhou Michel Temer, pela rede social, a "exonerar a pessoa que se esqueceu de registrar o perfil antigo", além de ter divulgado uma imagem do presidente com chifres e a mensagem "Michel Temer e o satanismo".

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247