Greenwald ironiza mamatas do clã Bolsonaro

O jornalista americano Glenn Greewald usou as redes sociais para ironizar o vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ) que no último domingo (28) havia feito uma postagem reclamando dos cabides de emprego existentes no Estado brasileiro

(Foto: Glenn Greenwald e Jair Bolsonaro)

Da revista Fórum – O jornalista americano Glenn Greewald usou as redes sociais para ironizar o vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ) que no último domingo (28) havia feito uma postagem reclamando dos cabides de emprego existentes no Estado brasileiro. Neste domingo (4), o Jornal O Globo publicou reportagem mostrando que  o clã nomeou 102 pessoas com laços familiares em cargos públicos.

O editor do The Intercept Brasil replicou tuíte de Carlos Bolsonaro com link para a matéria do jornal O Globo mostrando a contradição na mensagem. Jair Bolsonaro elegeu-se presidente da República prometendo que acabaria com a “mamata” que os governos anteriores proporcionavam com os cargos públicos.

“O Brasil pode ser considerado um dos maiores cabides de empregos do mundo na máquina pública, sempre usando o dinheiro dos pagadores de impostos para tal”, dizia o tuíte doo parlamentar no dia 28, resgatado por Glenn.

O levantamento do jornal abrange desde a primeira eleição do patriarca Jair Bolsonaro como vereador no Rio de Janeiro (RJ) e envole todos os integrantes da família eleitos a seguir: os filhos Flávio, Eduardo e Carlos. Dos 286 assessores nomeados nesse tempo, 35% tinham alguma relação de parentesco com o clã, que é acusado de usar esses funcionários como “laranjas”.

Leia a íntegra na Fórum

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247