Haddad: o melhor antídoto contra a tirania é a educação do povo para a democracia

Em artigo publicado na Folha de S. Paulo neste sábado (25), Fernando Haddad afirma que "o melhor antídoto contra a tirania é a educação do povo para a democracia", e que "uma das poucas boas notícias deste início de 'governo' é que o impulso de contestação que tomou as ruas partiu justamente de estudantes e professores"

Haddad: o melhor antídoto contra a tirania é a educação do povo para a democracia
Haddad: o melhor antídoto contra a tirania é a educação do povo para a democracia (Foto: Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em artigo publicado na Folha de S. Paulo neste sábado (25), Fernando Haddad afirma que "o melhor antídoto contra a tirania é a educação do povo para a democracia", e que "uma das poucas boas notícias deste início de 'governo' é que o impulso de contestação que tomou as ruas partiu justamente de estudantes e professores".

"Não há governo democrático sem sociedade democrática. O poder só emana do povo que quer exercê-lo democraticamente; se a democracia não for um valor em si, sempre haverá risco de que um governo o usurpe.

Uma das poucas boas notícias deste início de 'governo' é que o impulso de contestação que tomou as ruas partiu justamente de estudantes e professores, pois a tarefa histórica do momento é justamente educar para a democracia aqueles que parecem querer oprimir.

Os jovens que se beneficiaram da democratização da educação superior retribuem defendendo a democracia", escreve Haddad.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247