Jamil Chade escreve carta a Biden: 'EUA têm oportunidade histórica de não apoiar eventual tentativa de golpe no Brasil'

"Ninguém no Brasil tem ilusões sobre o que vocês representam e não caímos na ladainha de que 'exportam' a democracia", disse o jornalista

www.brasil247.com - Joe Biden e o jornalista Jamil Chade
Joe Biden e o jornalista Jamil Chade (Foto: Reuters | Reprodução/Twitter)


247 - Em carta a Joe Biden, o jornalista Jamil Chade, alertou para o presidente norte-americano para a "oportunidade histórica" que os Estados Unidos têm de atuar pela democracia no Brasil no sentido de não apoiar eventual tentativa de golpe no País caso Jair Bolsonaro (PL) seja derrotado na eleição de outubro. "Ninguém no Brasil tem ilusões sobre o que vocês representam e não caímos na ladainha de que 'exportam' a democracia", disse.

Na carta, o jornalista afirmou que, "se em 1964 a opção da Casa Branca sob o democrata Lyndon Johnson foi por chancelar um golpe de estado que abriu uma noite escura que durou duas décadas, desta vez vocês poderão seguir um caminho bem diferente". "Quando o senhor venceu as eleições, o mundo democrático se lançou numa corrida para reconhecer os resultados das urnas e, assim, blindá-lo do forte movimento de contestação por parte de seu rival, Donald Trump. Um dos poucos que fez eco ao argumento dos golpistas americanos foi Jair Bolsonaro", acrescentou.

No texto, o jornalista destacou que os EUA "foram os únicos a jogar uma bomba atômica sobre civis, não conseguem superar o profundo racismo instaurado desde 1619, invadiram países, derrubaram governos que não eram simpáticos aos seus interesses, espionaram os telefones de seus aliados e chocaram o mundo com cenas de tortura em prisões secretas. Sim, a lista é longa. E por isso nos preocupamos".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na carta, o colunista afirmou que "chegou a vez de a democracia ser testada em outra parte do nosso hemisfério". "Em 2022, vocês têm uma oportunidade histórica. Não a desperdicem. Pelo amor aos meus filhos, pelo amor aos teus netos", complementou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia a íntegra da carta na coluna de Jamil Chade

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email