Janio de Freitas questiona se militares vão mesmo permitir que Bolsonaro entregue a Amazônia a Trump

"E os militares, responsáveis, por ordem da Constituição, pela legalidade nacional e pela soberania?", indaga o colunista

247 – O jornalista Janio de Freitas decifra, neste domingo, o plano de Jair Bolsonaro para a Amazônia, que consiste na entrega da região ao governo de Donald Trump. "Bolsonaro já se dissera favorável à abertura da Amazônia para empresas norte-americanas de exploração mineral. Especificou bem: não empresas brasileiras, muito menos em geral, mas 'americanas'", diz ele, em sua coluna

"O Bolsonaro que encaminha a entrega da Amazônia, não quer matadores e milicianos presos 'injustamente', avisa do 'suicídio' da imprensa, indispõe o Brasil pelo mundo afora, não se mostra temeroso de objeção das chamadas instituições democráticas. De fato, por sua atitude de espectadoras desinteressadas, não têm por que o preocupar. São coerentes com a classe socioeconômica que as povoa. E os militares, responsáveis, por ordem da Constituição, pela legalidade nacional e pela soberania? Ora, a Constituição", ironiza.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247