Janio: juiz do caso Garotinho deverá ser afastado

O colunista Janio de Freitas criticou neste domingo, 31, o juiz Glaucenir Oliveira, que mandou prender o ex-governador Anthony Garotinho (PR). Ao escrever o ano de 2017 para o Poder Judiciário, Janio diz que o confronto envolvendo Glaucenir e o ministro Gilmar Mendes, "transborda esquisitices"; "Conquanto não seja pouca a opinião de que Gilmar Mendes provoca reações crescentes, está sendo articulado o afastamento do juiz Glaucenir Oliveira. O que resolve um lado do problema, mas não o outro. A cúpula do Judiciário mais se divide do que se recompõe", diz ele

O colunista Janio de Freitas criticou neste domingo, 31, o juiz Glaucenir Oliveira, que mandou prender o ex-governador Anthony Garotinho (PR). Ao escrever o ano de 2017 para o Poder Judiciário, Janio diz que o confronto envolvendo Glaucenir e o ministro Gilmar Mendes, "transborda esquisitices"; "Conquanto não seja pouca a opinião de que Gilmar Mendes provoca reações crescentes, está sendo articulado o afastamento do juiz Glaucenir Oliveira. O que resolve um lado do problema, mas não o outro. A cúpula do Judiciário mais se divide do que se recompõe", diz ele
O colunista Janio de Freitas criticou neste domingo, 31, o juiz Glaucenir Oliveira, que mandou prender o ex-governador Anthony Garotinho (PR). Ao escrever o ano de 2017 para o Poder Judiciário, Janio diz que o confronto envolvendo Glaucenir e o ministro Gilmar Mendes, "transborda esquisitices"; "Conquanto não seja pouca a opinião de que Gilmar Mendes provoca reações crescentes, está sendo articulado o afastamento do juiz Glaucenir Oliveira. O que resolve um lado do problema, mas não o outro. A cúpula do Judiciário mais se divide do que se recompõe", diz ele (Foto: Aquiles Lins)

247 - O colunista Janio de Freitas criticou neste domingo, 31, o juiz Glaucenir Oliveira, que mandou prender o ex-governador Anthony Garotinho (PR). Ao escrever o ano de 2017 para o Poder Judiciário, Janio diz que o confronto envolvendo Glaucenir e o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, "transborda esquisitices". 

"Esse juiz, dado a incidentes, fixado em demolir Anthony e Rosinha Garotinho, surgiu nas redes em uma gravação de acusações gravíssimas e insultos muito fortes ao ministro. No que disse de mais barato, o ex-governador pagou a Gilmar pelo habeas-corpus para tirá-lo da prisão. 'Uma mala grande', diz Oliveira ter ouvido de 'gente de dentro'. Versão mais do inverossímil, tanto pelo pagador como pelo recebedor", diz Janio. 

Segundo o colunista da Folha de S. Paulo, a caçada a Garotinho chama atenção também pela ausência da Polícia Federal na apuração de atos, inclusive de aparência oficial, "que ferem liberdades democráticas em geral e, em particular, direitos político-eleitorais".

"O texto de solidariedade ao ministro, por dez integrantes do STJ, parece feito para evitar que a pedra posta sobre o assunto se transforme em lápide. E, conquanto não seja pouca a opinião de que Gilmar Mendes provoca reações crescentes, está sendo articulado o afastamento do juiz Glaucenir Oliveira. O que resolve um lado do problema, mas não o outro. A cúpula do Judiciário mais se divide do que se recompõe", diz ele. 

Leia o texto na íntegra

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247