Jornal Nacional toma partido de Moro contra Bolsonaro

O telejornal da Globo defendeu abertamente Sergio Moro e voltou à carga contra Bolsonaro, destacando que as mensagens de celular entre o presidente e o então ministros da Justiça mostram que “o presidente já havia decidido mudar o comando da Polícia Federal” antes da reunião ministerial do dia 22 de abril

Jornal Nacional dedica primeiro bloco aos áudios de Bolsonaro e Bebianno
Jornal Nacional dedica primeiro bloco aos áudios de Bolsonaro e Bebianno
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - O Jornal Nacional deste sábado (23) saiu em defesa do ex-ministro Sergio Moro e voltou a atacar o presidente Jair Bolsonaro.

O telejornal da Globo destacou que as mensagens de celular entre o presidente e o então ministros da Justiça, reveladas também neste sábado pelo jornal O Estado de S.Paulo, mostram que “o presidente já havia decidido mudar o comando da Polícia Federal” antes da reunião ministerial do dia 22 de abril, cuja a gravação foi revelada na última sexta (22).

“A conversa indica que os avisos de Bolsonaro sobre interferência na reunião eram dirigidos a Sergio Moro”, completa um dos apresentadores. “As próprias imagens divulgadas ontem pelo STF e analisadas pelo Jornal Nacional reforçam isso”, prosseguem os jornalistas.

Leia mais na Fórum. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247