Joaquim de Carvalho: livro de Janot revela projeto político da Lava Jato

"Ele não usa esses termos, mas é isso o que quer dizer quando cita dois vazamentos em momentos eleitorais", afirma o jornalista Joaquim de Carvalho, no Diario do Centro do Mundo, ao destacar que, o livro "Nada menos que tudo – Bastidores da operação que colocou o sistema político em xeque", Rodrigo Janot aponta um projeto de poder da Lava Jato

Rodrigo Janot
Rodrigo Janot (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Joaquim de Carvalho afirma, no Diario do Centro do Mundo, que, no livro “Nada menos que tudo – Bastidores da operação que colocou o sistema político em xeque”, o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot admite que a Lava Jato tinha projeto político próprio. "Ele não usa esses termos, mas é isso o que quer dizer quando cita dois vazamentos em momentos eleitorais", destaca o jornalista.

Nogueira cita um trecho do livro. "As declarações de Youssef, segundo o qual Lula e Dilma sabiam das falcatruas na Petrobras, eram destituídas de qualquer valor jurídico. Youssef não compartilhava da intimidade do Palácio do Planalto e não tinha provas do que dizia. Mas, mesmo assim, eram de forte conteúdo político, e não há dúvidas de que tiveram enorme impacto eleitoral", relata Janot, de acordo com o jornalista. 

"O problema para alguns não é o tiro que nunca foi dado, mas a bomba que já está na praça e que a defesa de Lula, corretamente, usará para reforçar a denúncia de que Moro sempre foi um juiz parcial, com projeto político bem definido e que, se depender dele, não se restringirá ao Ministério da Justiça", diz.

Leia a íntegra no DCM

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email