José Arbex: a cobertura da mídia planetária é uma grande falsificação

O jornalista e professor José Arbex participou do programa "Geopolítica com Igor Fuser" desta quarta-feira (4) e condenou o papel da grande mídia na cobertura dos conflitos internacionais; "A verdade é que a cobertura da mídia planetária é uma grande falsificação”, afirma; Assista a íntegra

O jornalista e professor José Arbex participou do programa "Geopolítica com Igor Fuser" desta quarta-feira (4) e condenou o papel da grande mídia na cobertura dos conflitos internacionais; "A verdade é que a cobertura da mídia planetária é uma grande falsificação”, afirma; Assista a íntegra
O jornalista e professor José Arbex participou do programa "Geopolítica com Igor Fuser" desta quarta-feira (4) e condenou o papel da grande mídia na cobertura dos conflitos internacionais; "A verdade é que a cobertura da mídia planetária é uma grande falsificação”, afirma; Assista a íntegra (Foto: Lais Gouveia)

O programa "Geopolítica com Igor Fuser" desta quarta-feira (4) recebeu o professor de jornalismo internacional da PUC José Arbex, com o tema "a rede global de desinformação".

José Erbex tem uma vasta carreira na área do jornalismo, foi correspondente internacional da Folha de São Paulo, cobriu guerras, escreveu dezenas de livros e ganhou o "Prêmio Jabuti" em 1997.

Arbex relata sua primeira experiência como correspondente internacional, no Haiti, quando denunciou o fim da ditadura de Baby Doc ao mundo em primeira mão. "Corri risco de vida, levei bronca do Otávio Frias Filho –Dono da Folha- mas, após a grande repercussão mundial, ganhei a credibilidade por ter dado com exclusividade o fato".

Cobertura falsificada

O jornalista condena o papel da grande mídia na cobertura dos conflitos internacionais. “O documentário A Revolução não Será Televisionada aborda este tema da manipulação, relata como a grande imprensa Venezuelana tentou golpear Hugo Chaves em 2002, chegou ao ponto de jornalistas serem flagrados comemorando o golpe, a verdade é que a cobertura da mídia planetária é uma grande falsificação”, afirma.

Em relação à abordagem jornalista feita nos conflitos envolvendo a Rússia, Aberx considera que, apesar de todas as críticas ao presidente Putin, a estratégia do governo russo em relação à Ucrânia é acertada. “Se ele permite a incorporação da Ucrânia à Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), ele estaria fazendo o que o presidente Kennedy não permitiu quando a União Soviética quis instalar mísseis em Cuba”, conclui Arbex.

Inscreva-se na TV 247 e confira o programa "Geopolítica com Igor Fuser"

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247