Josias: Temer falará à PF como presidente ou suspeito?

Jornalista diz que as 84 questões enviadas pela Polícia Federal à defesa de Michel Temer "são aviltantes e constrangedoras"; "O depoimento é constrangedor porque as perguntas que Temer recebeu da PF são mais embaraçosas do que as respostas que o presidente não terá condições de dar", escreve; para ele, "a hipótese de Temer sair ileso de uma experiência como esta é inexistente"

Jornalista diz que as 84 questões enviadas pela Polícia Federal à defesa de Michel Temer "são aviltantes e constrangedoras"; "O depoimento é constrangedor porque as perguntas que Temer recebeu da PF são mais embaraçosas do que as respostas que o presidente não terá condições de dar", escreve; para ele, "a hipótese de Temer sair ileso de uma experiência como esta é inexistente"
Jornalista diz que as 84 questões enviadas pela Polícia Federal à defesa de Michel Temer "são aviltantes e constrangedoras"; "O depoimento é constrangedor porque as perguntas que Temer recebeu da PF são mais embaraçosas do que as respostas que o presidente não terá condições de dar", escreve; para ele, "a hipótese de Temer sair ileso de uma experiência como esta é inexistente" (Foto: Gisele Federicce)

247 - O jornalista Josias de Souza, em seu blog no UOL, avalia que diz que as 84 questões enviadas pela Polícia Federal à defesa de Michel Temer "são aviltantes e constrangedoras".

"O depoimento é constrangedor porque as perguntas que Temer recebeu da PF são mais embaraçosas do que as respostas que o presidente não terá condições de dar", escreve. Para ele, "a hipótese de Temer sair ileso de uma experiência como esta é inexistente".

Josias diz ainda que "a pergunta que inquieta os brasileiros é: Michel Temer ainda tem condições de responder ao interrogatório da PF como presidente da República ou foi reduzido à condição de suspeito?".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247