Jovem Pan processa Greg News por "falsidades", mas juiz vê "crítica ácida" e "liberdade de impensa"

O programa criticou a emissora do Tutinha por defender o governo Bolsonaro cegamente

www.brasil247.com - Greg News, Gregório Duvivier
Greg News, Gregório Duvivier (Foto: Gustavo Conde)


247 - "Fato pouco comum, uma empresa de comunicação pediu direito de resposta na Justiça contra uma outra empresa do mesmo ramo. O caso que opôs a Jovem Pan contra a HBO e o programa "Greg News" terminou com derrota para a rádio", escreve o jornalista Maurício Stycer, em sua coluna no portal UOL.

De acordo com Stycer, "o objeto da ação foi o episódio 23 da quinta temporada de "Greg News", exibido pela HBO em 24 de setembro de 2021. Inteiramente dedicado à Jovem Pan, o programa critica a emissora de Antônio Augusto Amaral de Carvalho Filho, conhecido como Tutinha, por defender o governo Bolsonaro cegamente."

"A questão, como observou o juiz Guilherme Santini Teodoro, do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, é que o programa "Greg News" deixou clara a fonte da informação e noticiou também o desmentido de Tutinha. 'Não tem nada a ver com o governo; isso não passa por governo. Inventam muita coisa, é tudo mentira', afirmou o empresário. Ao que Duvivier observou: 'Essa última frase, inclusive, podia ser o slogan do canal'.", relata Stycer. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"O outro questionamento da Jovem Pan ao "Greg News" dizia respeito a uma informação sobre a CPI instaurada no Congresso em 1993 para apurar irregularidades na criação da TV Jovem Pan. Duvivier leu um trecho do relatório final, que concluiu citando Antônio Augusto Amaral de Carvalho, o Tuta, por "suposto envolvimento em falsificação de documentos, superfaturamento e até com o sumiço de tapetes comprados para a nova emissora de TV". O juiz Santini Teodoro não viu nenhuma ofensa nesta passagem do programa, mas apenas a reprodução das conclusões da CPI.", informa..

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"E ainda acrescenta: 'A crítica ácida, a opinião contundente, a sátira, o humor veiculados no programa dos réus não configuraram ofensas contra a autora, mas somente exercício regular das liberdades de imprensa e de manifestação de pensamento'."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email