Joyce Hasselmann quer no seu canal de direita “pessoas livres” que pensem como ela

 Demitida da Veja e da Jovem Pan, denunciada pelo Sindicato dos Jornalistas do Paraná por plagiar 65 reportagens, de 42 profissionais diferentes, Joyce Hasselmann define o perfil de quem vai trabalhar com ela no canal de direita que lançará no youtube para promover sua candidatura ao Senado pelo partido de Bolsonaro; "Eu não quero gente que já vem com defeitos de fábrica lá da universidade ou gente que saiu da Folha de São Paulo e que está todo impregnado com a cultura de esquerda"

 Demitida da Veja e da Jovem Pan, denunciada pelo Sindicato dos Jornalistas do Paraná por plagiar 65 reportagens, de 42 profissionais diferentes, Joyce Hasselmann define o perfil de quem vai trabalhar com ela no canal de direita que lançará no youtube para promover sua candidatura ao Senado pelo partido de Bolsonaro; "Eu não quero gente que já vem com defeitos de fábrica lá da universidade ou gente que saiu da Folha de São Paulo e que está todo impregnado com a cultura de esquerda"
 Demitida da Veja e da Jovem Pan, denunciada pelo Sindicato dos Jornalistas do Paraná por plagiar 65 reportagens, de 42 profissionais diferentes, Joyce Hasselmann define o perfil de quem vai trabalhar com ela no canal de direita que lançará no youtube para promover sua candidatura ao Senado pelo partido de Bolsonaro; "Eu não quero gente que já vem com defeitos de fábrica lá da universidade ou gente que saiu da Folha de São Paulo e que está todo impregnado com a cultura de esquerda" (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Demitida da Veja e da Jovem Pan, denunciada pelo Sindicato dos Jornalistas do Paraná por plagiar 65 reportagens, de 42 profissionais diferentes, entre os dias 24 de junho e 17 de julho de 2014, Joyce Hasselmann define o perfil de quem vai trabalhar com ela no canal de direita que lançará no youtube para promover sua candidatura ao Senado pelo partido de Bolsonaro, informa o portal Comunique-se.

"Eu não quero gente que já vem com defeitos de fábrica lá da universidade ou gente que saiu da Folha de São Paulo e que está todo impregnado com a cultura de esquerda. Quero gente disposta a ser livre. Pré-requisito para trabalhar comigo: pense, execute e saiba que você é livre. Não quero zumbis, escravos ou gente se submetendo a ideias que elas não acreditam. Elas precisam acreditar nas mesmas ideias que eu. Não é um trabalho, é uma missão".

 
 
 
 
 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247