Kennedy: Huck está mais para Berlusconi que para Macron

"Soa inadequado comparar Huck a Emmanuel Macron, como fazem alguns analistas. O presidente francês foi banqueiro e ministro da Economia antes de disputar uma eleição. As poucas declarações públicas de Huck, por meio de artigos e entrevistas, demonstram uma visão simplista da política", diz o jornalista Kennedy Alencar; "Na Itália, depois da Operação Mãos Limpas, veio Silvio Berlusconi. No Brasil da Lava Jato, não é absurdo pensar que isso possa acontecer em face da crise da classe política tradicional"

Kennedy: Huck está mais para Berlusconi que para Macron
Kennedy: Huck está mais para Berlusconi que para Macron (Foto: Dir.: Raul Jr)

247 - "O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso já vinha enfraquecendo a candidatura de Geraldo Alckmin ao estimular nos bastidores a filiação de Luciano Huck ao PPS a fim de disputar o Palácio do Planalto. Mas deu ontem o tiro mais forte até agora na pretensão presidencial do governador de São Paulo", escreve o jornalista Kennedy Alencar.

"Em entrevista à rádio Jovem Pan, FHC disse que uma eventual candidatura do apresentador de TV Luciano Huck seria boa para o Brasil", lembra o blogueiro.

De acordo com o jornalista, "soa inadequado comparar Huck a Emmanuel Macron, como fazem alguns analistas. O presidente francês foi banqueiro e ministro da Economia antes de disputar uma eleição. As poucas declarações públicas de Huck, por meio de artigos e entrevistas, demonstram uma visão simplista da política. Ele faz um discurso recheado de boas intenções e de chavões, mas sem nenhuma ideia ou proposta consistente".

"Outro risco: o escrutínio ao qual um novato é submetido numa campanha presidencial, com um raio X sobre o passado, pode inviabilizar uma eventual candidatura. A História ensina. Na Itália, depois da Operação Mãos Limpas, veio Silvio Berlusconi. No Brasil da Lava Jato, não é absurdo pensar que isso possa acontecer em face da crise da classe política tradicional. Luciano Huck está mais para Silvio Berlusconi do que para Emmanuel Macron".

Leia a íntegra no Blog do Kennedy Alencar

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247