Kiko Nogueira: Bebianno descobriu o óbvio tarde demais

O jornalista Kiko Nogueira comenta no DCM que Gustavo Bebianno falou o "óbvio ululante" quando apontou o dedo para o pai na crise que culminou em sua exoneração. "O problema não é o pimpolho. O Jair é o problema. Ele usa o Carlos como instrumento. É assustador", disse, segundo Lauro Jardim

Kiko Nogueira: Bebianno descobriu o óbvio tarde demais
Kiko Nogueira: Bebianno descobriu o óbvio tarde demais

Por Kiko Nogueira, do DCM - Gustavo Bebianno falou o óbvio ululante quando apontou o dedo para o pai na crise que culminou em sua exoneração. "O problema não é o pimpolho. O Jair é o problema. Ele usa o Carlos como instrumento. É assustador", disse, segundo Lauro Jardim no Globo. "Perdi a confiança no Jair. Tenho vergonha de ter acreditado nele. É uma pessoa louca, um perigo para o Brasil."

Carlos é produto de Jair, com quem tem uma relação obsessiva. O rosto do genitor está tatuado em seu braço direito. Bastaria um cala boca do velho. Ele é usado por Jair não é de hoje.

Leia a íntegra da coluna no DCM.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247