Kotscho: atentado em Curitiba exige união da esquerda

"Esperar qualquer providência das chamadas autoridades constituídas é pura perda de tempo. Antes que seja tarde, o mais urgente no momento é a esquerda se unir em torno de um programa comum para enfrentar o avanço dos grupos fascistas de extrema-direita que agem livremente pelo país", afirma o jornalista

"Esperar qualquer providência das chamadas autoridades constituídas é pura perda de tempo. Antes que seja tarde, o mais urgente no momento é a esquerda se unir em torno de um programa comum para enfrentar o avanço dos grupos fascistas de extrema-direita que agem livremente pelo país", afirma o jornalista
"Esperar qualquer providência das chamadas autoridades constituídas é pura perda de tempo. Antes que seja tarde, o mais urgente no momento é a esquerda se unir em torno de um programa comum para enfrentar o avanço dos grupos fascistas de extrema-direita que agem livremente pelo país", afirma o jornalista (Foto: Gisele Federicce)

247 - O jornalista Ricardo Kotscho alerta em seu blog que o atentado a tiros em Curitiba nesta madrugada, mais do que nunca, exige uma união das esquerdas. "Esperar qualquer providência das chamadas autoridades constituídas é pura perda de tempo. Antes que seja tarde, o mais urgente no momento é a esquerda se unir em torno de um programa comum para enfrentar o avanço dos grupos fascistas de extrema-direita que agem livremente pelo país", diz ele.

"Está passando da hora de os líderes que sobraram no campo da esquerda se unirem para enfrentar o verdadeiro adversário, a direita que saiu do armário, em vez de ficarem se escondendo no armário que ficou vazio, discutindo questiúnculas pessoais à espera de tempos melhores para agir", defende.

Leia a íntegra no Balaio do Kotscho.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247