Luis Felipe Miguel: Folha virou panfleto antilulista

O professor da Universidade de Brasília (UNB) Luis Felipe Miguel condenou a postura do jornal Folha de São Paulo; "Da manchete que reproduz as ameaças do comandante do Exército, sem um pingo de indignação ou mesmo espanto por seu golpismo explicito, a Folha de hoje é um imenso panfleto antilulista, parece ter sido enviada diretamente da sede do PSDB, quem sabe em joint venture com o PSTU"

O professor da Universidade de Brasília (UNB) Luis Felipe Miguel condenou a postura do jornal Folha de São Paulo; "Da manchete que reproduz as ameaças do comandante do Exército, sem um pingo de indignação ou mesmo espanto por seu golpismo explicito, a Folha de hoje é um imenso panfleto antilulista, parece ter sido enviada diretamente da sede do PSDB, quem sabe em joint venture com o PSTU"
O professor da Universidade de Brasília (UNB) Luis Felipe Miguel condenou a postura do jornal Folha de São Paulo; "Da manchete que reproduz as ameaças do comandante do Exército, sem um pingo de indignação ou mesmo espanto por seu golpismo explicito, a Folha de hoje é um imenso panfleto antilulista, parece ter sido enviada diretamente da sede do PSDB, quem sabe em joint venture com o PSTU" (Foto: Lais Gouveia)

Por Luis Felipe Miguel, em seu Facebook - Da manchete que reproduz as ameaças do comandante do Exército, sem um pingo de indignação ou mesmo espanto por seu golpismo explicito, até a entrevista com Alvaro Dias insinuando que o atentado contra a caravana foi "encenação", passando pelo editorial, pela charge do "casseta", pela chamada de capa para o artigo de Raquel Dodge, pelos notórios colunistas - a Folha de hoje é um imenso panfleto antilulista. Parece ter sido enviada diretamente da sede do PSDB, quem sabe em joint venture com o PSTU.

Sei que a vida não é fácil e o mercado de trabalho anda ruim. Mas há limites que têm sido violados sistematicamente pela mídia corporativa - e não se vê um único gesto de reação de dentro das redações.

O que está em jogo é a possibilidade de retomar o processo de democratização, salvar as liberdades, recuperar o projeto de um país menos injusto e menos violento. Isso merecia pelo menos um pouquinho de coragem.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247