Luis Fernando Veríssimo defende reforma política

Escritor Luis Fernando Verissimo defende o fim de doações privadas para campanhas: “coibir e criminalizar a farra já será um progresso”; segundo ele, “os maiores interessados em que não vingue uma reforma eleitoral são os que têm acesso aos bolsos mais fundos da nação, e têm mais a oferecer na defesa dos interesses dos maiores pagadores”

Luís Fernando Verissimo posa para foto em sua casa, em Porto Alegre
Luís Fernando Verissimo posa para foto em sua casa, em Porto Alegre (Foto: Roberta Namour)

247 – Para o escritor Luis Fernando Verissimo, o Brasil tem em mãos uma oportunidade de dar exemplo aos EUA: “Se vier uma reforma eleitoral teremos a satisfação, boba, mas bem-vinda, de termos feito uma revolução que, pelo menos desta vez, não imitou uma americana, antes a melhorou.

Ele defende o fim das doações privadas para campanhas e diz que “coibir e criminalizar a farra já será um progresso”.

Segundo Verissimo, “os maiores interessados em que não vingue uma reforma eleitoral são os que têm acesso aos bolsos mais fundos da nação, e têm mais a oferecer na defesa dos interesses dos maiores pagadores” (leia aqui).

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247