Lula Marques vai processar deputado que tatuou “Temer” e que pediu nudes na Câmara

Quando perguntado se iria processar o fotógrafo por ter feito o registro de suas conversas pouco republicanas ao longo da sessão de ontem na Câmara, o deputado Wladimir Costa (SD-PA), mentiu: o parlamentar disse que aquilo estava combinado e que havia pago R$500 ao fotógrafo; “Excelência, deixe de ser mentiroso. Eu jamais faria um serviço fotográfico desses, ainda mais para um deputado golpista, machão e bufão como você”, disse o fotógrafo 

Quando perguntado se iria processar o fotógrafo por ter feito o registro de suas conversas pouco republicanas ao longo da sessão de ontem na Câmara, o deputado Wladimir Costa (SD-PA), mentiu: o parlamentar disse que aquilo estava combinado e que havia pago R$500 ao fotógrafo; “Excelência, deixe de ser mentiroso. Eu jamais faria um serviço fotográfico desses, ainda mais para um deputado golpista, machão e bufão como você”, disse o fotógrafo 
Quando perguntado se iria processar o fotógrafo por ter feito o registro de suas conversas pouco republicanas ao longo da sessão de ontem na Câmara, o deputado Wladimir Costa (SD-PA), mentiu: o parlamentar disse que aquilo estava combinado e que havia pago R$500 ao fotógrafo; “Excelência, deixe de ser mentiroso. Eu jamais faria um serviço fotográfico desses, ainda mais para um deputado golpista, machão e bufão como você”, disse o fotógrafo  (Foto: Charles Nisz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum O fotógrafo Lula Marques, o que registrou o deputado Wladimir Costa pedindo fotos de “bunda” pelo Whatsapp no meio da sessão que votava a denúncia contra Temer nesta quarta-feira (2), na Câmara, anunciou nesta quinta-feira (3) que vai processar o parlamentar por calúnia e difamação.

Isso por que Costa – que é aquele que, além de pedir nudes no meio do plenário, tatuou “Temer” no ombro – afirmou, em entrevista ao site Poder 360, que não processaria Lula Marques pelo registro pois aquilo tudo teria sido “combinado” com o fotógrafo e que teria, inclusive, pago R$500 pelo serviço. O fotógrafo nega.

“”Excelência”, deixe de ser mentiroso. Eu jamais faria um serviço fotográfico desses, ainda mais para um deputado golpista, machão e bufão como você. Eu tenho respeito profissional e jamais aceitaria participar de uma armação fotográfica. “Vossa Excelência”, você não tem noção do valor de um profissional e acha que qualquer um se vende, como muitos deputados para salvar o presidente golpista? Fique sabendo que nem se me oferecesse os R$ 7 milhões em emendas que dizem que você recebeu, eu não aceitaria para fazer essas fotos. Quero respeito!”, escreveu o fotógrafo em suas redes sociais.

Confira a íntegra de sua postagem.

Hoje, fui surpreendido com a notícia de que o deputado Wladimir Costa não iria me processar pelas fotos que fiz dele ontem no plenário porque, segundo ele, foi tudo combinado e ele ainda teria pago R$ 500,00. Pois é, acreditem! Morri de rir quando soube!

Depois de 41 anos de fotojornalismo, sei que tem muito político que não gosta de mim. Desagradei vários, inclusive, presidentes da República. A ética e o respeito ao leitor são a minha base para fazer fotojornalismo. Eu sou os olhos do leitor e tenho compromisso com a verdade. A veracidade das minhas fotos nunca foi contestada.

“Excelência”, deixe de ser mentiroso. Eu jamais faria um serviço fotográfico desses, ainda mais para um deputado golpista, machão e bufão como você. Eu tenho respeito profissional e jamais aceitaria participar de uma armação fotográfica. “Vossa Excelência”, você não tem noção do valor de um profissional e acha que qualquer um se vende, como muitos deputados para salvar o presidente golpista? Fique sabendo que nem se me oferecesse os R$ 7 milhões em emendas que dizem que você recebeu, eu não aceitaria para fazer essas fotos. Quero respeito!

Diante do que o deputado falou ao site Poder 360, vou consultar meus advogados para um possível processo por calúnia e difamação. Não vou deixar minha imagem ser arranhada dessa forma.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247