Militantes pró-Bolsonaro 'lincham' Bebianno em grupos de WhatsApp e nas redes

Ministro vira alvo da patrulha feroz que defende o presidente Jair Bolsonaro e seus filhos a qualquer custo; neste domingo, começaram a circular um áudio intitulado "O Verdadeiro Bebianno"

Militantes pró-Bolsonaro 'lincham' Bebianno em grupos de WhatsApp e nas redes
Militantes pró-Bolsonaro 'lincham' Bebianno em grupos de WhatsApp e nas redes (Foto: SERGIO MORAES)

247 - O ministro Gustavo Bebianno, da Secretaria-Geral da Presidência, virou alvo da patrulha feroz que defende o presidente Jair Bolsonaro e seus filhos a qualquer custo em grupos de WhatsApp e nas redes sociais. Neste domingo, militantes pró-governo começaram a circular um áudio intitulado "O Verdadeiro Bebianno".

As críticas foram motivadas inicialmente pelas denúncias de uso de candidaturas laranjas no PSL na campanha de 2018 envolvendo o nome de Bebiano. O ministro passou então a ser 'fritado' pela militância de Bolsonaro, que também defendia o filho, vereador Carlos Bolsonaro, responsável por chamar o ministro de mentiroso pelas redes sociais.

A crise provocou uma guerra inclusive na direita. Nomes como Felipe Moura Brasil e Janaina Paschoal criticaram a forma como o ministro foi (será oficialmente nesta segunda) demitido e também se tornaram alvo da "patrulha", termo usado pelo próprio jornalista. O deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP), do MBL, ficou do lado dos críticos de Carlos.

Segundo reportagem de Jussara Soares, do Globo, segundo integrantes desses grupos que fazem parte do exército digital de apoio ao governo, é mostrar que "Bebianno é o traidor, por ter se aliado à mídia" e afastar de Bolsonaro a imagem de que não é leal a seus apoiadores, uma vez que o quase ex-ministro tem feito duras críticas ao presidente.

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247