Natuza Nery pede que Cunha abra o jogo e conte tudo o que sabe

Editora da coluna Painel, a jornalista Natuza Nery pede que o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) comece a falar o que sabe – inclusive o que motivou sua reunião secreta com o delator Michel Temer e se torne delator; "abrir o verbo é também uma forma de se redimir do que a Lava Jato lhe imputa", diz ela; "Fala, Eduardo Cunha"

Editora da coluna Painel, a jornalista Natuza Nery pede que o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) comece a falar o que sabe – inclusive o que motivou sua reunião secreta com o delator Michel Temer e se torne delator; "abrir o verbo é também uma forma de se redimir do que a Lava Jato lhe imputa", diz ela; "Fala, Eduardo Cunha"
Editora da coluna Painel, a jornalista Natuza Nery pede que o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) comece a falar o que sabe – inclusive o que motivou sua reunião secreta com o delator Michel Temer e se torne delator; "abrir o verbo é também uma forma de se redimir do que a Lava Jato lhe imputa", diz ela; "Fala, Eduardo Cunha" (Foto: Leonardo Attuch)

247 – Em artigo publicado neste sábado, a jornalista Natuza Nery, editora do Painel, sugere que o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) se torne delator e lembra que uma das condições impostas pelo Ministério Público é que ele aponte para cima.

"Abrir o verbo é também uma forma de se redimir do que a Lava Jato lhe imputa", diz ela, lembrando que ele não deveria poupar nem o interino Michel Temer, com quem teve uma reunião secreta, fora da agenda oficial.

"Poderia esclarecer o que motivou a reunião e sobre o que se discutiu ali – até para que não paire dúvida sobre a conduta de ninguém", afirma.

"Fala, Eduardo Cunha", convida ainda a jornalista, na última linha de seu artigo.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247