Palmério Dória: nomes para a vice de Alckmin são como o “Curupira, pés virados pra trás”

"Como Bolsonaro, Alckmin busca um vice desesperadamente. Sem Josué Alencar, que pediu pra ser incluído fora dessa, tem como alternativas Ana Amélia do Relho, Mendonça Filho do Alexandre Frota e Aldo Rebelo do Dia do Saci. Todos como o Curupira, pés virados pra trás", afirmou o jornalista e escritor Palmério Dória 

Palmério Dória: nomes para a vice de Alckmin são como o “Curupira, pés virados pra trás”
Palmério Dória: nomes para a vice de Alckmin são como o “Curupira, pés virados pra trás” (Foto: Dir.: Fabio Pozzebom - ABR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista e escritor Palmério Dória criticou o presidenciável do PSDB, Geraldo Alckmin, após o ex-governador de São Paulo ouvir do empresário Josué Gomes (PR) que o republicano não será vice na chapa da sigla tucana.

"Como Bolsonaro, Alckmin busca um vice desesperadamente. Sem Josué Alencar, que pediu pra ser incluído fora dessa, tem como alternativas Ana Amélia do Relho, Mendonça Filho do Alexandre Frota e Aldo Rebelo do Dia do Saci. Todos como o Curupira, pés virados pra trás", escreveu o jornalista no Twitter.

Dória aproveitou para comentar sobre o cenário eleitoral neste ano. "Dizem que a corrida eleitoral de 1989 era uma Arca de Noé. A de 2018, com 15 candidatos, também se desenha como tal. A qualidade dos bichos que se apresentam é pior ainda. E o com mais tempo de tevê é o que tem mais chance de crescer como rabo de cavalo, pra baixo, como o de 89", disse.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247