Pedido patético de Marchezan evidencia sucesso do lulismo, diz colunista da Folha

O colunista Igor Gielow, do jornal Folha de S. Paulo critica o pedido do prefeito de Porto Alegre Nélson Marchezan Júnior pede que tropas federais para impedir o apoio popular ao ex-presidente Lula no dia 24, por ocasião do julgamento pelo TRF4; “Além de inconstitucional, o pedido de Marchezan Jr. é patético, ainda mais quando forças federais estão sobrecarregadas pelos fardos da insegurança pública”, diz o colunista da Folha

O colunista Igor Gielow, do jornal Folha de S. Paulo critica o pedido do prefeito de Porto Alegre Nélson Marchezan Júnior pede que tropas federais para impedir o apoio popular ao ex-presidente Lula no dia 24, por ocasião do julgamento pelo TRF4; “Além de inconstitucional, o pedido de Marchezan Jr. é patético, ainda mais quando forças federais estão sobrecarregadas pelos fardos da insegurança pública”, diz o colunista da Folha
O colunista Igor Gielow, do jornal Folha de S. Paulo critica o pedido do prefeito de Porto Alegre Nélson Marchezan Júnior pede que tropas federais para impedir o apoio popular ao ex-presidente Lula no dia 24, por ocasião do julgamento pelo TRF4; “Além de inconstitucional, o pedido de Marchezan Jr. é patético, ainda mais quando forças federais estão sobrecarregadas pelos fardos da insegurança pública”, diz o colunista da Folha (Foto: Charles Nisz)

247 - O colunista Igor Gielow, do jornal Folha de S. Paulo critica o pedido do prefeito de Porto Alegre Nélson Marchezan Júnior pede que tropas federais para impedir o apoio popular ao ex-presidente Lula no dia 24, por ocasião do julgamento pelo TRF4.

"O prefeito do MBL, digo, do PSDB resolveu pedir que o Exército e a Força Nacional impeçam algo como uma horda sanguinária de saquear a cidade durante o julgamento do recurso de Lula no dia 24, como se estivesse na Bagdá cercada pelos mongóis em 1258”, escreve Gielow.

“Além de inconstitucional, o pedido de Marchezan Jr. é patético, ainda mais quando forças federais estão sobrecarregadas pelos fardos da insegurança pública”, adiciona o colunista da Folha.

De acordo com Gielow, as manifestações serão menores do que o esperado e ele considera que a oposição ao PT é primária e reativa.

Inscreva-se na TV 247 e assista à versão de Arthur Figueroa para a música "Deu pra Ti"

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247