"PSDB foi o grande derrotado das eleições municipais", diz Breno Altman

“O comando do golpe de 2016 perdeu muito eleitorado”, afirmou à TV 247 o jornalista, que falou ainda da queda expressiva no número de votos que sofreu também o MDB: “perdeu quatro milhões de eleitores”. Assista

Breno Altman
Breno Altman (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista e editor do site “Opera Mundi” Breno Altman afirmou à TV 247 que o PSDB foi o partido que sofreu o golpe mais forte em relação ao número de votos conquistados nas eleições municipais de 2020.

Munido de estatísticas que ele mesmo reuniu comparando o pleito deste ano ao de 2016, Altman contou que o bloco classificado como “direita neoliberal”, que agrupa PSDB, MDB e DEM, foi o que teve maior queda em 2020, com exceção do DEM, que avançou. “A direita neoliberal despencou. O PSDB teve uma queda vertiginosa nessas eleições. O PSDB perdeu 39,31% dos seus eleitores. Dos partidos grandes, foi o que teve o maior tombo. O PSDB tinha 17.630.000 votos em 2016 e caiu para 10.700.00 votos, perdeu sete milhões de eleitores. O maior derrotado dessas eleições em número de votos é o PSDB, e em segundo o MDB, que despenca 27,29%, perdeu quatro milhões de eleitores. Ainda é o maior partido, mas caiu muito”.

De acordo com o jornalista, a queda da “direita neoliberal” só não foi maior em razão do crescimento conquistado pelo DEM. “Quem subiu no bloco da direita neoliberal, e subiu muito, foi o DEM. O DEM subiu de 4.940.00 votos para 8.300.00, ganhou 3.400.00 eleitores, subiu 68%. O DEM sobe muito e, com isso, a direita neoliberal cai, mas não cai tanto. De toda maneira, a direita neoliberal teve uma perda substantiva, ela caiu de 38,12% do eleitorado para 29,76%, é uma queda de 8.5 pontos percentuais. É uma queda muito forte que sofre a direita neoliberal. O comando do golpe de 2016 perdeu muito eleitorado”.

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247