Reinaldo pede que Justiça não aceite delação de Cunha

Blogueiro de Veja alega que isso mergulharia o país no caos; "Uma coisa é certa: a esta altura, não faz sentido lhe conceder um benefício, fazendo o país mergulhar no caos", afirma

Blogueiro de Veja alega que isso mergulharia o país no caos; "Uma coisa é certa: a esta altura, não faz sentido lhe conceder um benefício, fazendo o país mergulhar no caos", afirma
Blogueiro de Veja alega que isso mergulharia o país no caos; "Uma coisa é certa: a esta altura, não faz sentido lhe conceder um benefício, fazendo o país mergulhar no caos", afirma (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Para Reinaldo Azevedo, colunista de Veja, não parece "um bom desfecho" a Lava Jato aceitar uma delação premiada de Eduardo Cunha a esta altura, pois mergulharia o país no caos.

"Mas, afinal, Cunha fará ou não fará delação premiada? Ninguém sabe. Uma coisa é certa: a esta altura, não faz sentido lhe conceder um benefício, fazendo o país mergulhar no caos", escreve ele.

Ele também cogita a possibilidade de "Cunha decidir, sei lá, jogar no lixo, com suas eventuais revelações, boa parte do trabalho feito até aqui". "Os primeiros delatores tinham menos condições de escolher o caminho do que ele tem agora, embora pareça o contrário", diz.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247