Rovai cobra autocrítica dos jornalistas que apoiaram o golpe de 2016

"Ainda há tempo de pedir desculpas", disse o editor da Fórum

Renato Rovai
Renato Rovai (Foto: 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – "Depois da declaração de Temer, reafirmando a idoneidade de Dilma, e dos últimos vazamentos de Moro e Dallagnol, jornalistas e aqueles que disseram que não foi golpe vão fazer autocrítica? Ou continuarão com suas teses insustentáveis. Ainda há tempo de pedir desculpas", postou o jornalista Renato Rovai, editor da Fórum, em suas redes sociais. Saiba mais:

O ex-presidente Michel Temer disse  que não praticou um golpe contra a presidente deposta Dilma Rousseff, de quem era vice, e afirmou que ela possui uma “honestidade ímpar”. “Ela cometeu crime no sentido institucional, com a questão das pedaladas, que levou à responsabilização política dela. Não cometeu crime no sentido penal. Às vezes se acusa a ex-presidente de uma eventual desonestidade. Convivi com ela, claro que muito decorativamente, mas devo dizer que é de uma honestidade ímpar”, disse Temer em entrevista à revista Veja. 

Na entrevista, ele também rebateu as acusações feitas pelo ex-presidente da Câmara Eduardo, condenado a mais de 16 aos de prisão no âmbito da Lava Jato, que escreveu um livro em que acusa Temer de participação no golpe de 2016. Segundo o ex-presidente, a culpa pelo impeachment de Dilma foi das “milhões de pessoas que foram para a rua” pedir para que ela fosse afastada.

“O Eduardo, coitado, não foi o autor do impedimento, e nem eu. Ele teve de levar adiante alguns pedidos de impeachment, que, ao ver dele, eram inafastáveis. Quem derrubou a ex-presidente foram os milhões de pessoas que foram para a rua”, disse.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email