Tereza Cruvínel aponta o cerco a Ciro

"Na campanha de 2014, houve um momento em que todos se voltaram contra Marina Silva. Em alta nas pesquisas, ela ameaçava deixar o tucano Aécio Neves fora do segundo turno e nele derrotar a então presidente Dilma Rousseff. Movimento bem parecido acontece agora contra o candidato do PDT, Ciro Gomes", diz a jornalista Tereza Cruvínel em sua coluna no Jornal do Brasil

Tereza Cruvínel aponta o cerco a Ciro
Tereza Cruvínel aponta o cerco a Ciro

247 - "Na campanha de 2014, houve um momento em que todos se voltaram contra Marina Silva. Em alta nas pesquisas, ela ameaçava deixar o tucano Aécio Neves fora do segundo turno e nele derrotar a então presidente Dilma Rousseff. Movimento bem parecido acontece agora contra o candidato do PDT, Ciro Gomes", diz a jornalista Tereza Cruvínel em sua coluna no Jornal do Brasil.

Segundo ela, o pedetista "não enfrenta, por ora, uma campanha negativa perversa, como aconteceu com Marina". "Diferentemente dela, Ciro não estourou nas pesquisas, mas vinha costurando alianças, à esquerda e à direita, que tornariam sua candidatura mais competitiva. Agora está sendo cercado pelo PSDB, o PT, o MDB e o governo de Temer, que ele chama de quadrilheiro", acrescenta.

"Vetando o apoio a Ciro, Temer e seu grupo ajudam é o tucano Geraldo Alckmin, em franca ofensiva para conseguir aliados e se viabilizar. As ameaças são inócuas, vindas de um governo que não tem autoridade para fazer exigências dessa ordem e ainda precisa dos aliados no Congresso. Mas por outras razões, Ciro pode ficar sem o apoio do Centrão", continua. "O baile segue, com marchas e contramarchas, até 5 de agosto, último dia para a realização de convenções".

Leia a íntegra

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247