Tereza Cruvinel: clima está mudando e eleitor já percebe quem é Bolsonaro

"Estamos na esquina da História, prestes a fazer uma grave escolha, e algum vento sopra. Mantido este vento até domingo, poderá ser suficiente ou não para a virada, mas a vitória estrondosa de Bolsonaro, como se esperava, não deve acontecer", escreve a jornalista, destacando diversos dados desfavoráveis ao candidato da extrema-direita

Tereza Cruvinel: clima está mudando e eleitor já percebe quem é Bolsonaro
Tereza Cruvinel: clima está mudando e eleitor já percebe quem é Bolsonaro

247 - A jornalista Tereza Cruvinel avalia que "o clima está mudando" o eleitor já percebe quem é de fato Jair Bolsonaro, como ele mesmo demonstra, especialmente no discurso de domingo passado para o ato na Avenida Paulista. "Faltando três dias para a volta às urnas, surgem sinais claros de que o sentimento do eleitorado foi tocado pelas proclamações precoces do que será o governo Bolsonaro, feitas pelo próprio, no embalo do já-ganhou", diz ela em sua coluna no Jornal do Brasil.

"Estamos na esquina da História, prestes a fazer uma grave escolha, e algum vento sopra. Mantido este vento até domingo, poderá ser suficiente ou não para a virada, mas a vitória estrondosa de Bolsonaro, como se esperava, não deve acontecer", escreve a jornalista, destacando diversos dados desfavoráveis ao candidato da extrema-direita.

"O surto coletivo pode ter começado a passar, na medida em que Bolsonaro deu-se mais a conhecer àqueles que com ele se identificavam a partir de três linhas discursivas: o antipetismo visceral, a promessa de "pegar pesado" contra os bandidos, para garantir mais segurança, e o moralismo conservador, apelando a fake news bizarras, como a do kit gay", afirma.

Leia aqui a íntegra.

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247