TV 247 entrevista o cientista político Aldo Fornazieri

Professor da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP) será o convidado desta tarde em entrevista que será transmitida às 15h ao vivo pela página do 247 no Facebook; Fornazieri tem sido um crítico constante da Lava Jato e define o governo de Michel Temer como "criminoso"

Professor da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP) será o convidado desta tarde em entrevista que será transmitida às 15h ao vivo pela página do 247 no Facebook; Fornazieri tem sido um crítico constante da Lava Jato e define o governo de Michel Temer como "criminoso"
Professor da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP) será o convidado desta tarde em entrevista que será transmitida às 15h ao vivo pela página do 247 no Facebook; Fornazieri tem sido um crítico constante da Lava Jato e define o governo de Michel Temer como "criminoso" (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A TV 247 entrevista, às 15h desta terça-feira 15, o doutor em Ciência Política pela USP e professor da Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP) Aldo Fornazieri.

Em artigos sobre o atual cenário político brasileiro, Fornazieri tem feito críticas ao Ministério Público e à forma como vem sendo conduzida a Operação Lava Jato, e define o governo de Michel Temer como "criminoso".

Para ele, a ovada no prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), foi legítima, uma vez que o tucano é agressivo e estimulador do ódio contra Lula e o PT.

O cientista político avalia ainda que o julgamento do ex-presidente Lula pelo juiz Sergio Moro foi "movida a ódio"e que a candidatura do petista terá que ser salva nas ruas.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email