Twitter fecha contas acusadas de espalhar fake news

A rede social anunciou o fechamento de contas nesta sexta-feira (20) e informou que "de acordo com nossa política de manipulação de nossa plataforma, suspendemos permanentemente todas essas contas"

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Twitter anunciou nesta sexta-feira (20) o encerramento de milhares de contas acusadas de espalhar fake news. "De acordo com nossa política de manipulação de nossa plataforma, suspendemos permanentemente todas essas contas", anunciou a rede social.

Dentre as contas excluídas, mil estavam relacionadas ao partido Aliança País, presidente equatoriano, Lenin Moreno, e 200 ligadas ao Partido Popular espanhol. O Twitter informou que, ao todo, 1.019 contas do Equador foram encerradas. 

De acordo com a rede social, a maioria dessas contas "disseminavam principalmente conteúdo sobre o governo do presidente Moreno, concentrando-se em questões relacionadas às leis equatorianas sobre liberdade de expressão, censura, governo e tecnologia. As táticas mais usadas eram a manipulação de 'hashtags' e o encaminhamento de 'spams'".

Outros 259 perfis espanhóis foram excluídos. A medida do Twitter vem na esteira de outras grandes mudanças no contexto de redes sociais visando o combate à manipulação de informações. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email