Veja já trata Bolsonaro como ameaça

Tradicionalmente alinhada com o PSDB, a revista Veja divulgou sua capa deste fim de semana em que trata o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) como uma ameaça ao Brasil; pré-candidato a presidente em ascensão, Bolsonaro se aproveita do clima de divisão e ódio instalado no País desde de 2014, com auxílio fundamental dos veículos de comunicação, entre eles a revista da família Civita 

Tradicionalmente alinhada com o PSDB, a revista Veja divulgou sua capa deste fim de semana em que trata o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) como uma ameaça ao Brasil; pré-candidato a presidente em ascensão, Bolsonaro se aproveita do clima de divisão e ódio instalado no País desde de 2014, com auxílio fundamental dos veículos de comunicação, entre eles a revista da família Civita 
Tradicionalmente alinhada com o PSDB, a revista Veja divulgou sua capa deste fim de semana em que trata o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) como uma ameaça ao Brasil; pré-candidato a presidente em ascensão, Bolsonaro se aproveita do clima de divisão e ódio instalado no País desde de 2014, com auxílio fundamental dos veículos de comunicação, entre eles a revista da família Civita  (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Tradicionalmente alinhada com o PSDB, a revista Veja divulgou sua capa deste fim de semana em que trata o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) como uma ameaça ao Brasil.

Pré-candidato a presidente em ascensão, Bolsonaro se aproveita do clima de divisão e ódio instalado no País desde de 2014, com auxílio fundamental dos veículos de comunicação, entre eles a revista da família Civita. 

Nesta quinta-feira, 5, Bolsonaro esteve em Belém para participar do Círio de Nazaré e mais uma vez declarou apoio à liberação da compra de armas pela população. "Vamos flexibilizar muito o porte de arma no Brasil. Comigo não vai existir o politicamente correto. Vocês terão armas de fogo". 

Veja parece arrependida de ter ajudado a chocar o ovo da serpente. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email