WhatsApp baniu 1,5 milhão de contas por disparo via robôs e fake news desde as eleições

Ao informar o banimento de pelo menos 1,5 milhão de contas desde as eleições de 2018, o WhatsApp afirma que as contas teriam sido operadas por robôs e chegaram a distribuir 14 mensagens diferentes em apenas 30 segundos. A campanha de Jair Bolsonaro foi denunciada por protagonizar o disparo de fake news durante a campanha

Multa de R$ 2 bilhões contra WhatsApp será julgada pelo TRF-4
Multa de R$ 2 bilhões contra WhatsApp será julgada pelo TRF-4 (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O WhatsApp informa que 1,5 milhão de contas de usuários brasileiros foram banidas desde as eleições de 2018. A informação é da reportagem do UOL. 

Segundo o eplicativo de mensagens, o motivo dos banimentos foram uso de robôs, disparo em massa de mensagens e disseminação de fake news e discurso de ódio.

A campanha de Jair Bolsonaro foi denunciada por protagonizar o disparo de fake news durante o processo eleitoral. As empresas apontadas como responsáveis pelo sistema foram convocadas para prestar esclarecimentos na CPI da Fake News, incluindo também uma assessora de Bolsonaro, além de representantes do WhatsApp, Facebook, Twitter e Google.

Sobre o banimento de contas, o WhatsApp informa que há suspeita das contas terem sido operadas por robôs chegaram a distribuir 14 mensagens diferentes em apenas 30 segundos.

O aplicativo possui mecanismos de detecção de atividade anormal e afirma que investe em "machine learning" (aprendizado de máquinas, na tradução livre do inglês), que é o uso de robôs inteligentes que monitoram a rede e aprendem cada vez mais a identificar anomalias a partir da análise do comportamento dos usuários.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email