A diferença dos discursos de Temer e Justin Trudeau, do Canadá, às mulheres

A página do Facebook 'Quebrando o Tabu' comparou os discursos de Michel Temer e do primeiro-ministro Justin Trudeau, do Canadá, feitos nesta quarta-feira 8 pelo Dia Internacional da Mulher; exemplo de governante que prega a igualdade entre gêneros, Trudeau nomeou o mesmo número de mulheres e homens quando assumiu o governo, em 2015; em seu discurso, ele disse ser feminista com orgulho; assista

A página do Facebook 'Quebrando o Tabu' comparou os discursos de Michel Temer e do primeiro-ministro Justin Trudeau, do Canadá, feitos nesta quarta-feira 8 pelo Dia Internacional da Mulher; exemplo de governante que prega a igualdade entre gêneros, Trudeau nomeou o mesmo número de mulheres e homens quando assumiu o governo, em 2015; em seu discurso, ele disse ser feminista com orgulho; assista
A página do Facebook 'Quebrando o Tabu' comparou os discursos de Michel Temer e do primeiro-ministro Justin Trudeau, do Canadá, feitos nesta quarta-feira 8 pelo Dia Internacional da Mulher; exemplo de governante que prega a igualdade entre gêneros, Trudeau nomeou o mesmo número de mulheres e homens quando assumiu o governo, em 2015; em seu discurso, ele disse ser feminista com orgulho; assista (Foto: Gisele Federicce)

247 – O discurso de Michel Temer em "homenagem" às mulheres neste 8 de Março fica ainda mais chocante quando comparado com o do primeiro-ministro do Canadá, o jovem e moderno Justin Trudeau. Foi o que fez a página 'Quebrando o Tabu', do Facebook, em um vídeo (assista acima).

Enquanto Michel Temer ignora problemas óbvios enfrentados pelas mulheres, exaltando números como da presença das mulheres no Congresso Nacional, afirmando que o mercado emprega homens e mulheres igualmente e que hoje as mulheres são executivas de muitas empresas – na verdade, elas são só 10% - Trudeau destaca a apaixonada luta e força das mulheres como responsáveis pelas conquistas das últimas décadas, mas lembra que há muito ainda que fazer, citando em seguida dados como desigualdade nos salários e de violência.

Enquanto Temer destacou como "papel" da mulher a criação dos filhos, a ida ao supermercado e o orçamento da família, além dos históricos "afazeres domésticos", o canadense - que já foi chamado de anti-Temer pela imprensa e pelos internautas brasileiros, especialmente quando o peemedebista nomeou seu ministério inteiramente masculino e branco no ano passado - afirma ser, ele e sua mulher, feministas com orgulho, que acreditam em "um mundo mais positivo, justo e com igualdade".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247