Alec Baldwin dispara arma acidentalmente, mata fotógrafa e fere diretor em gravação

O ator gravava Rust, filme independente. O incidente aconteceu no sul de Santa Fé, no Novo México

www.brasil247.com - FILE PHOTO: 69th Primetime Emmy Awards – Arrivals – Los Angeles, California, U.S., 17/09/2017 -  Alec Baldwin. REUTERS/Mike Blake/File Photo
FILE PHOTO: 69th Primetime Emmy Awards – Arrivals – Los Angeles, California, U.S., 17/09/2017 - Alec Baldwin. REUTERS/Mike Blake/File Photo (Foto: Mike Blake)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Um trágico acidente aconteceu no set de Rust, filme independente gravado ao sul de Santa Fé, no Novo México. Segundo o site Vanity Fair, o ator Alec Baldwin teria disparado uma metralhadora cenográfica, nesta quinta-feira (21/10), matando acidentalmente a diretora de fotografia Halyna Hutchins e ferindo o diretor Joel Souza. A informação é do Metrópoles.

Halyna, de 42 anos, foi transportada de helicóptero para o Hospital da Universidade do Novo México em Albuquerque, onde morreu. Souza, 48, foi levado de ambulância ao Centro Médico Regional Christus St. Vincent, em Santa Fé, e segue tratando os ferimentos, segundo a Delegacia da Comarca da cidade.

Em comunicado, a polícia afirmou que Hutchins e Souza “foram baleados quando uma arma de fogo foi disparada por Alec Baldwin, 68, produtor e ator.” “Os detetives estão investigando como [a arma de fogo foi usada] e que tipo de projétil foi disparado. Este incidente continua sendo uma investigação ativa. À medida que mais informações forem disponibilizadas, atualizações serão fornecidas. ”

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email