Americanos cancelam contrato de US$ 355 milhões com Embraer

A disputa pelo contrato tinha sido vencida pela Embraer, mas a encomenda das 20 aeronaves A-29 Super Tucano foi cancelada pela Fora Area dos EUA devido a reclamaes da outra empresa que participou da concorrncia

Americanos cancelam contrato de US$ 355 milhões com Embraer
Americanos cancelam contrato de US$ 355 milhões com Embraer (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A Força Aérea dos EUA informou hoje que está cancelando uma licitação vencida no ano passado pela brasileira Embraer, em parceria com a norte-americana Sierra Nevada. As duas haviam obtido um contrato de US$ 355 milhões para fornecer aviões de treinamento e ataque que seriam destinados às forças armadas do Afeganistão.

Em comunicado divulgado hoje, a Força Aérea afirma que vai abrir uma investigação sobre a licitação. "Embora nós sempre busquemos a perfeição, às vezes ficamos aquém disso, e quando isso acontece nós tomamos medidas corretivas", diz no texto o secretário do órgão, Michael Donley. "Como a aquisição ainda está em litígio, eu só posso dizer que o executivo sênior de aquisição da Força Aérea, David Van Buren, não está satisfeito com a qualidade da documentação na qual se baseia a decisão."

A disputa pelo contrato tinha sido vencida pela Embraer, mas a encomenda das 20 aeronaves A-29 Super Tucano foi cancelada devido a reclamações da outra empresa que participou da concorrência, a Hawker Beechcraft, cujo modelo Beechcraft AT-6 foi excluído da concorrência. Agora o general Donald Hoofman, diretor da divisão de equipamentos da Força Aérea, vai fiscalizar a investigação da licitação.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email