Antes da cúpula da Rússia, Trump chama a União Européia de inimiga

Na véspera de seu encontro com o russo Vladimir Putin, o presidente dos EUA, Donald Trump, criticou novamente os aliados ao rotular a União Européia (UE) como “inimiga” em relação ao comércio; “Eu acho que a União Europeia é uma inimiga, o que eles fazem para nós no comércio”, disse ele

Antes da cúpula da Rússia, Trump chama a União Européia de inimiga
Antes da cúpula da Rússia, Trump chama a União Européia de inimiga (Foto: Jonathan Ernst - Reuters)

A BORDO DO AIR FORCE ONE (Reuters) - Na véspera de seu encontro com o russo Vladimir Putin, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou novamente os aliados ao rotular a União Européia (UE) como “inimiga” em relação ao comércio.

Em entrevista pré-cúpula ao programa “Face the Nation”, da CBS News e transmitido no domingo, Trump concentrou-se na UE com China e Rússia como adversários econômicos dos EUA. “Eu acho que a União Europeia é uma inimiga, o que eles fazem para nós no comércio”, disse ele.

Donald Tusk, presidente do Conselho Europeu, respondeu no Twitter usando uma das frases favoritas de Trump. “Os EUA e a UE são os melhores amigos”, escreveu Tusk. “Quem quer que diga que somos inimigos está espalhando notícias falsas.”

Trump e Putin se encontrarão na segunda-feira em Helsinque para sua primeira reunião independente desde que Trump assumiu o cargo em janeiro de 2017. Trump partiu para Helsinque neste domingo depois de passar o dia jogando golfe em seu clube particular na Escócia.

Trump e seus assessores trabalharam durante o fim de semana para amenizar as expectativas de resultados da reunião. “Eu entro com baixas expectativas”, disse Trump à CBS na mesma entrevista. “Eu não estou indo com altas expectativas.”

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247