Ao legitimar Guaidó, os EUA buscam pretexto para não reconhecer eleições na Venezuela, diz líder socialista

O reconhecimento dos Estados Unidos da tomada de posse paralela de Juan Guaidó como presidente da Assembleia Nacional prova que a Venezuela não pode esperar nada do governo de Trump, diz o vice-presidente do partido do governo PSUV e presidente da Assembleia Nacional Constituinte. Para ele, os EUA não reconhecerão eleições parlamentares deste ano

(Foto: AVN)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O líder socialista venezuelano Diosdado Cabello, presidente da Assembleia Nacional Constituinte analisou os fatos ocorridos no último domingo (6) durante a eleição para a Mesa diretora da Assembleia Nacional e chegou à conclusão de que os Estados Unidos buscarão qualquer pretexto para não reconhecer as eleições parlamentares deste ano. 

"Eles não reconheceram as últimas eleições presidenciais de 2018, nem reconhecerão as eleições parlamentares que vamos realizar este ano", disse Cabello, segundo informa a Prensa Latina. Ele alertou que é necessário se preparar, porque a Casa Branca não aprovará nenhum processo que não atenda aos seus interesses.  “Esse é o cenário que eles sempre procuram promover, o caos, para justificar uma intervenção. Não faltaram expressões de ódio dos deputados da Vontade Popular e, especialmente, seu desejo de que um drone chegasse '', afirmou. 

Cabello enfatizou que "o imperialismo e seus lacaios têm apenas uma maneira de agir, sob a lei dos mais fortes, sem princípios ou valores".  

Ao analisar a renovação da direção do Parlamento, ele apontou que era uma derrota para o imperialismo, porque Guaidó não tinha os votos necessários para ser eleito e sua própria força política lhe deu as costas.  Ele afirmou que as divisões dentro da direita são um golpe para os Estados Unidos e seus aliados.  “Dessas brigas entre eles (a direita), o perdedor é o imperialismo. Nós os derrotamos novamente".

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247