Após descartar ataque, Ucrânia diz que é cedo para conclusões sobre queda de avião

Logo após a queda de um Boeing 737-800 da Ukraine International Airlines em Teerã, a embaixada ucraniana no Irã descartou a tese de ataque terrorista ou por míssil. Entretanto, o comunicado foi substituído por outro, dizendo ser cedo

(Foto: WANA NEWS AGENCY)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em meio às tensões entre EUA e Irã, com o ataque de mísseis na noite desta terça-feira contra bases americanas no Iraque, a queda de um Boeing 737-800 da Ukraine International Airlines em Teerã levantou especulações. A informação é do jornal O Globo. 

A princípio, a embaixada ucraniana no Irã descartou  ataque terrorista ou por míssil, dizendo se tratar de um acidente provocado por “falha do motor do avião”. Entretanto, o comunicado foi substituído por outro, dizendo ser cedo para tirar conclusões.

Entenda

Um avião ucraniano caiu logo após decolar de Teerã nesta quarta-feira, matando todas as 176 pessoas a bordo, em um acidente que foi inicialmente atribuído a uma falha do motor.

Detritos e peças fumegantes ficaram espalhados por um campo a cerca de 10 quilômetros do aeroporto Imam Khomeini, enquanto equipes de resgate com máscaras recuperavam corpos das vítimas.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247