Após mutação amazônica do coronavírus, Japão volta a fechar fronteiras

As fronteiras foram fechadas e, por hora, a entrada de estrangeiros no país está proibida no Japão

Pedestres em rua de Tóquio
Pedestres em rua de Tóquio (Foto: REUTERS/Kim Kyung-Hoon)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governo do Japão decretou nesta quarta-feira (13) estado de emergência para todo o país por causa do coronavírus. As fronteiras foram fechadas e, por hora, a entrada de estrangeiros no país está proibida. A medida tem validade até o dia 31 de janeiro.

Quatro pacientes no Japão, que tinham saído do Brasil, estavam contaminados com uma cepa nova do coronavírus. 

Pesquisas em andamento na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) apontaram que a nova variante do coronavírus encontrada em pacientes japoneses tem origem no Amazonas. 

O sequenciamento do vírus feito no Japão foi comparado com as amostras existentes no banco de dados do Amazonas coletadas entre abril e novembro do ano passado.

De acordo com o governo, o país asiático tem mais de 300 mil pessoas e o número de óbitos chegou em 4.187.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247