Ataque unilateral de Trump matou nove civis, incluindo quatro crianças

Nove civis, incluindo quatro crianças, foram mortos pelo ataque de mísseis dos Estados Unidos contra uma base área síria perto da cidade de Homs nesta sexta-feira, afirmou a agência de notícias estatal da Síria; ao justificar seu ataque, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que agia como resposta a um ataque químico que matara "lindos bebês"; autoria do ataque químico, no entanto, não foi provada

Nove civis, incluindo quatro crianças, foram mortos pelo ataque de mísseis dos Estados Unidos contra uma base área síria perto da cidade de Homs nesta sexta-feira, afirmou a agência de notícias estatal da Síria; ao justificar seu ataque, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que agia como resposta a um ataque químico que matara "lindos bebês"; autoria do ataque químico, no entanto, não foi provada
Nove civis, incluindo quatro crianças, foram mortos pelo ataque de mísseis dos Estados Unidos contra uma base área síria perto da cidade de Homs nesta sexta-feira, afirmou a agência de notícias estatal da Síria; ao justificar seu ataque, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que agia como resposta a um ataque químico que matara "lindos bebês"; autoria do ataque químico, no entanto, não foi provada (Foto: Leonardo Attuch)

BEIRUTE (Reuters) - Nove civis, incluindo quatro crianças, foram mortos pelo ataque de mísseis dos Estados Unidos contra uma base área síria perto da cidade de Homs nesta sexta-feira, afirmou a agência de notícias estatal da Síria.

Segundo a Sana, os civis foram mortos em vilarejos perto da base aérea. De acordo com a agência, mais sete pessoas ficaram feridas e casas na região foram severamente danificadas.

Mais cedo, o governador de Homs, Talal Barazi, disse que sete pessoas haviam morrido no ataque. Não ficou imediatamente claro se esses eram números separados de mortes.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247